Canudos ecológicos do McDonald's são reprovados no Reino Unido

28/04/2019


Clientes alegam que os de papel da rede não são resistentes e desmancham nos primeiros goles de qualquer bebida.

No segundo semestre de 2018, as lojas do McDonald’s no Reino Unido passaram a substituir os tradicionais canudos de plásticos por versões ecológicas feitas de papel, seguindo um movimento global que visa a diminuição do lixo plástico no planeta.

Confira as últimas novidades do varejo aqui.

Leia também: União Europeia decide banir plástico descartável.

Mas, depois de alguns meses usando os novos canudos, muitos clientes da rede de fast food se uniram para assinar uma petição pedindo o fim dos canudos de papel.

Esses clientes afirmam que os novos canudos “Dificultam desfrutar das bebidas, especialmente os milkshakes.”

O que tem incomodado é a qualidade desses canudos. Segundo alguns usuários que reclamaram pelo Twitter, os canudos de papel são apenas “uma folha de papel enrolada”, e, por isso, não são resistentes e vão desmanchando conforme o cliente dá mais goles na bebida.

Um porta-voz do McDonald’s afirmou que a rede garante que seus fornecedores criaram canudos especiais que duram em contato com a maioria dos líquidos por pelo menos 30 minutos. Mas, muitos consumidores continuam pedindo a volta dos canudos de plástico.

De acordo com o CEO do McDonald’s no Reino Unido, Paul Pomroy, a rede adotou uma rota sustentável e não vai mudar seu trajeto na implementação de iniciativas mais ecológicas em suas lojas.

Nessa hora deve-se fazer presente o bom senso, ou seja, se os canudos de plástico são prejudiciais ao meio ambiente, está na hora das pessoas passarem a colaborar com isso. Não é um simples canudo que vai impedir de saborear qualquer bebida.

Fonte: Redação.

TAGs: canudos-de-plástico mcdonalds meio-ambiente Sustentabilidade