Budweiser reinterpreta seus anúncios machistas do passado

17/03/2019


Além de suas redes sociais, essa campanha, criada pela agência VaynerMedia pôde ser vista durante o Dia da Mulher em jornais como o New York Times, o Chicago Tribune e o The LA Times.

"A cultura do mundo evoluiu com o tempo e a publicidade deve refletir isso. É por isso que este ano, em homenagem ao Mês da Mulher, reinterpretamos nossos anúncios do passado para melhor representar o equilíbrio e o empoderamento."

As principais novidades do universo da propaganda estão aqui.

Leia também: Budweiser manda vizinho 'para aquele lugar' no Super Bowl.

Foi com o comentário acima que a Budweiser apresentou a iniciativa que realizou na última semana, em homenagem ao Dia da Mulher, comemorado em 8 de março, na qual adaptaram gráficos dos anos 50 e 60 para mostrar uma imagem da mulher de acordo com os novos tempos.

É para ser admirado que uma marca como a Budweiser, que sempre falou com os homens e cujos anúncios estão cheios de exemplos de publicidade sexista, reconsidere e considere qual é a imagem que as mulheres devem dar em sua comunicação.

Para levar a cabo esta iniciativa, três ilustradoras femininas, Heather Landis, Nicole Evans e Dena Copper, foram responsáveis ??pelo redesenho dos gráficos que formam a campanha.

 

Fonte: Redação.

TAGs: