Vem aí a 19ª edição do "Evento Degustar"

08/02/2019


Gastronomia e decoração como plataforma para a solidariedade em uma das mais importantes ações de responsabilidade social do país.

No dia 21 de maio de 2019, será a data que grandes nomes da gastronomia e decoração se reúnem para receber o público no 19º Evento Degustar, que há mais de dez anos auxilia na geração de recursos financeiros para o Hospital de Amor, novo nome e marca do Hospital de Câncer de Barretos que, desde sua primeira edição, tem como realizadora a empresária Márcia Costa.

Leia também: IncaVoluntário e SuperPrix se unem ao “Bolsas solidárias”.

A arrecadação com expositores, patrocinadores e venda de convites é revertida à instituição que atua com atendimento 100% gratuito pelo SUS.

Em 2019, o evento acontece mais uma vez na Casa Bossa. Mais um ano, o Shopping Cidade Jardim apoia a causa e abriga o evento. “Sem todas as empresas que nos apoiam, essa mais de uma década de história de solidariedade não seria possível.”, diz Márcia Costa.

História de solidariedade com a gastronomia e decoração

O Evento Degustar nasceu em 1997, quando Márcia Costa, idealizadora da ação de marketing social, era voluntária no Hospital do Câncer de Barretos.

Nascia a ideia de um evento para arrecadar recursos financeiros, no entanto, encontraram um desafio, pois não teriam meios de contratar um bufê. Foi quando a empresária teve a ideia do formato que virou tradição até hoje, unir gastronomia e mesas decoradas de profissionais interessados em divulgar o seu trabalho.

“Foi uma luz enviada dos céus, não teríamos gastos com dois detalhes que mais consomem dinheiro em um evento, comida e cenografia, e nasceu a primeira edição do projeto realizada dentro de um vagão de trem, em Barretos.”, lembra a empresária.

Atuação do Hospital de Amor

Ainda como uma das novidades na edição deste ano, será a primeira a ser realizada após a instituição adotar seu nome e marca para Hospital de Amor, retirando a palavra “câncer” de seu nome reforçando a tendência mundial que foca o tratamento no bem-estar do paciente e não na doença.

Além disso, quem não conhecia o projeto a fundo, não tinha conhecimento da grandiosidade do trabalho e sua presença em todo o território nacional já que seu nome citava apenas a cidade de Barretos, onde foi fundado na década de 60.

Atualmente, são cinco unidades de tratamento em funcionamento: em Barretos (SP), Jales (SP), Porto Velho (RO) e Palmas (TO).

A instituição também conta com Institutos de Prevenção em: Barretos (SP), Campinas (SP), Fernandópolis (SP), Juazeiro (BA), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Ji-Paraná (RO) e Lagarto (SE), além de unidades em construção em Macapá (SP) e Rio Branco (AC).

Além disso, localidades não atendidas pela rede hospitalar recebem a visita de 18 unidades móveis que já percorreram mais de 160 mil km em todo o país. Toda a estrutura realizou quase três milhões de procedimentos, mais de 800 mil atendimentos, 130 mil mamografias, 80 mil quimioterapias e 21 mil internações alcançando 2.032 municípios.

Mais informações aqui.

 

 

Fonte: Redação.