ABA apresenta novo guia ao mercado publicitário

28/04/2019


O "Guia de Boas Práticas do Relacionamento entre Agências de Publicidade e Clientes", traz diretrizes para que agências e clientes desenvolvam um relacionamento saudável, ético e transparente.

Lançado durante o evento Branding@ABA 2019, em 25 de abril, o Guia possui 29 tópicos com os princípios e valores para um bom relacionamento entre empresas e agências, além de dez princípios referenciados nas melhores práticas de mercado, no respeito à conformidade e na valorização das técnicas publicitárias para a otimização e permanente aprimoramento das relações entre clientes e agências de propaganda.

Leia também: ABA e Unilever apoiam a "Aliança sem estereótipo".

“A concretização desse projeto possui um significado especial para a ABA. Representa o trabalho de liderança transformadora que tem pautado nossas iniciativas, com o objetivo de colocar o marketing e suas relações de forma decisiva nos debates sobre ética e transparência e na viabilização de um ambiente de negócios livre e responsável.” destaca Sandra Martinelli, presidente-executiva da ABA.

“Nesse ambiente de construção coletiva e propositiva, nosso esforço está voltado para mobilizar o marketing para transformar os negócios e a sociedade, propósito definido a partir do Plano Estratégico ABA 2020. Hoje o desafio dos anunciantes vai além dos investimentos em mídia, metas de vendas ou fortalecimento das marcas, mas engloba terem também papel ativo na construção de uma sociedade mais consciente e responsável.”, afirma João Branco, CMO do McDonald’s e Presidente da ABA.

O documento é uma entrega do Comitê de Sourcing da ABA, presidido por Sheila Vieira, commerce procurement manager da Heineken, elaborado em parceria com a Q&A Associados, com o apoio da Abap e da Fenapro, tendo como sponsor Danielle Bibas, vice-presidente de Marketing Avon-Brasil e integrante do Conselho Superior da ABA.

“O nível de exigência nas relações dos anunciantes com os stakeholders e a sociedade apresenta-se cada vez mais complexo e dinâmico. Cresce então a necessidade do estabelecimento de parcerias produtivas e eficientes entre clientes e agências, estimulando o olhar para o sistema como um todo e a proposta de ganho coletivo, possível a partir do estímulo a processos aprimorados e sem desperdícios. Espera-se como resultado a promoção da criatividade brasileira como fator de crescimento dos negócios, com soluções duradouras para a melhoria permanente de processos.”, analisa Danielle Bibas.

Sheila Vieira enfatiza que “Refinar conceitos e produzir guias como este, constituem disciplina efetiva nas atividades do Comitê de Sourcing, levando à identificação de oportunidades para otimizarmos os investimentos, e, ao mesmo tempo, proporcionarmos inovações nos processos de marketing. Nossa missão é também compartilhar os aprendizados com o mercado.”

A disseminação de melhores práticas globais consistentes e alinhadas com a WFA - World Federation of Advertisers – federação internacional de anunciantes da qual a ABA integra o Comitê Executivo, só se faz possível graças ao Protagonismo Colaborativo que direciona a atuação da entidade.

No caso do Guia ABA de Boas Práticas do Relacionamento entre Agências de Publicidade e Clientes, a parceria pro bono com a Q&A Associados e o apoio da Abap e da Fenapro favorecem o caráter holístico do documento, integrando os diversos players envolvidos e representando desenvolvimento coletivo para o mercado.

“Mais do que nunca relações profissionais, baseadas no compliance e que valorizam a comunicação de qualidade, criativa e eficaz formam a base sólida e dinâmica que tem proporcionado à publicidade brasileira ser uma protagonista global na transformação para melhoria de diversos setores da economia e da sociedade.” afirma Marcello D’Angelo diretor-executivo da Band News TV e parceiro da ABA na elaboração deste guia.

“É uma dupla satisfação colaborar com a ABA, que completando 60 anos, contribui de forma tão significativa para a valorização da atividade publicitária e do profissional de comunicação.” afirma Ênio Vergeiro, sócio-diretor da Q&A Associados e presidente da APP Brasil.

“Esse é o papel das agências: serem parceiras na construção de grandes marcas e na geração de riquezas e no crescimento das empresas brasileiras. Com consistência e inteligência. Com este manual, o papel das agências é colocado em destaque mais uma vez.”, afirma Mário D’Andrea, presidente da Abap – Associação Brasileira de Agências de Publicidade.

Glaucio Binder, presidente da Fenapro – Federação Nacional das Agências de Propaganda, em apoio ao Guia, complementa ainda que “Nesses novos tempos, tudo muda numa velocidade muito grande. A única coisa que não deve mudar é a relação de confiança e profissionalismo entre clientes e agências de propaganda.”

Para baixar o “Guia ABA de Boas Práticas do Relacionamento entre Agências de Publicidade e Clientes”, acesse o portal ABA.

 

Fonte: Redação.

TAGs: aba agências