Fernando Ribeiro, da Circle Aceleradora, participa do Live Masters

10/11/2019


Diretor da Netza inaugurou uma aceleradora para o mercado de live marketing e conta detalhes no 5º episódio desta temporada.

A segunda temporada da Websérie Live Masters tem chamado a atenção e recebido muitos elogios pela narrativa utilizada em seus episódios.

E o 5º vídeo desta temporada promete gerar polêmica. O diretor da agência Netza Fernando Ribeiro dos Santos analisa o momento do mercado e defende mudanças práticas para modificar o cenário atual.

Na visão do empresário, que colocou sua agência entre as mais relevantes do país nos últimos cinco anos, atendendo clientes do porte da Embraer, “São necessárias novas atitudes para reverter o atraso que assola o setor”.

Um desafio?

Fernando é taxativo: “Reconhecemos a dificuldade em quebrar paradigmas num mercado tão individualista e egocêntrico, mas já enfrentamos desafios maiores do que este, e, portanto, estamos prontos para esta jornada, estrutural e financeiramente. Nossa visão é para que, em dois anos, por meio de ações efetivas, este movimento seja percebido e que a nossa iniciativa se dissemine.”, explica.

E a posição dele vai realmente além do discurso. As práticas que defende foram implementadas na Netza, e, entre os grandes resultados obtidos, está o título de melhor agência para se trabalhar no Great Place the Works pelo 10° ano consecutivo.

Nesta trajetória, que pode ser considerada inovadora em termos de pensamento e gestão, ele fundou a Circle, uma aceleradora que está viabilizando as novas iniciativas de serviços de marketing tanto para o meio físico como no virtual por meio de apps.

“Nosso propósito é ajudar nesta renovação identificando boas ideias e jovens cabeças pensantes. É uma retribuição a este mercado que tantos bons resultados já deu para nossa agência, mas, ao mesmo tempo, queremos mostrar aos clientes que o segmento das empresas que realizam ações para brand experience podem oferecer inúmeras soluções compartilhadas que estes tempos exigem e que o cliente final sente necessidade.”

Caso não consiga visualizar o vídeo clique aqui.

De maneira geral, a Circle pretende atrair empreendedores que possuem projetos inovadores voltados para o setor de eventos e ações promocionais dando o suporte inicial para as 'dores' deste pessoal. 

Nesta primeira fase, a aceleradora está proporcionando atividades básicas desde o suporte administrativo, financeiro, contábil até o discurso que será endereçado aos leads, formatos de apresentações, entre outras facilidades.

Ao mesmo tempo, são identificadas com mais profundidade as características da solução que a startup oferece para indicá-la com a maior assertividade possível para as agências do mercado.

“Elas precisam disso, a startup é muito enxuta em pessoas, em recursos, então é muito importante que existam departamentos para interagir com elas atendendo suas demandas.”, observa Fernando.

Ainda na entrevista para Live Masters, Fernando explica o processo de escolha. Ainda nos primeiros meses, por meio de campanhas no Instagram, dezenas de candidatos já procuraram a Circle. Afinal, suporte financeiro, administrativo e mentoria não se encontra facilmente por aí...

“Criamos um conselho de investidores-anjo que definiu critérios para escolha de projetos em todo o país. A partir daí, incubaremos até que a iniciativa esteja tracionando. Ou seja, colocaremos toda a nossa experiência, que levou a Netza ao sucesso, para orientar os primeiros passos destes novos empreendedores.", conclui

Fonte: Redação.

TAGs: circle-aceleradora fernando-ribeiro-dos-santos live-marketing live-masters-promoview melhores-da-semana netza