A importância de monitorar concorrentes

05/02/2020


Em um mercado cada vez mais competitivo onde tudo se transforma muito rápido, é imprescindível que as empresas estejam atentas às estratégias de negócios para entender o cenário como um todo.

Nesse caso, uma análise profunda dos dados pode ser de suma importância. Um estudo realizado pela Forrester Consulting, empresa norte-americana de pesquisa de mercado, revelou que 90% das organizações vão usar insights orientados por essas referências para conduzir seus negócios até 2020.

Isso mostra que as decisões já não podem ser tomadas com base em “achismos”, mas sim, em fatos. Os gestores precisam respaldar suas medidas para estratégias mais assertivas. Ou seja, nada mais é realizado sem que se explore a fundo todas as informações capturadas.

Dessa maneira, o que fará toda a diferença não é só ter esses elementos em si, mas a maneira como cada um deles é “tratado”.

Principalmente, quando falamos em monitoramento de concorrentes, é essencial entender o que vem sendo realizado no cenário como um todo e ir além dos dados de mercado normalmente contemplados, só assim será possível estar alinhado ao novo ambiente competitivo.

Hoje em dia, estar de olho em quem concorre com a sua empresa é essencial não só para saber o que vem sendo feito, mas também para entender o que o público-alvo está pensando sobre as ações realizadas. Dessa maneira, é possível enxergar forças e fraquezas para que os resultados sejam mais assertivos.

Porém, com tantas transformações que o mercado vem sofrendo, você consegue me listar assim rapidamente quem são seus reais concorrentes? Pois é, tarefa um pouco complicada, né?

Hoje, não é tão simples identificar quem são eles. Se antes tínhamos que nos preocupar somente com os diretos, hoje, por outro lado, os indiretos podem se tornar tão fortes quanto aqueles que oferecem a mesma solução que você.

Por isso, os dados se tornaram cada vez mais imprescindíveis quando falamos em estratégias para alcançar seus consumidores. Só eles serão capazes de direcioná-lo para o que é de fato uma ameaça para o seu negócio e como criar uma oportunidade em cima disso.

Em linhas gerais, ficou claro que não é mais possível idealizar uma estratégia de marketing com base no que se considera “legal”, é preciso ir além. Estar munido de muito conhecimento sobre o mercado e sobre os outros competidores é o primeiro passo.

Depois, é preciso saber o que fazer com esse conhecimento, afinal, de nada adianta ter todo esse ouro em mãos e pensar: “Ótimo, mas vou seguir por esse outro caminho, acho que dará certo.”

Valorize essas informações e as trate com o máximo de zelo, são elas que o farão caminhar cada vez mais longe! 

 

Fonte: Eduardo Prange.

TAGs: artigo Marketing mercado-corporativo