Canal
Turismo

Evento marca reabertura do Parque da Tijuca

Por: Redação. 13 de Julho de 2020

Na área externa do Centro de Visitantes do Parque Nacional da Tijuca foi realizado um café da manhã no dia 9 de julho, para marcar a reabertura da unidade de conservação federal, no Rio de Janeiro.

O evento, promovido pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), tomou todos os cuidados de higienização, como medição de temperatura corporal, cadeiras espaçadas e uso obrigatório de máscara pelos convidados.

Mais sobre turismo no Brasil e no Exterior aqui.

Durante o evento de reabertura, que contou com autoridades, o presidente do ICMBio, Homero Cerqueira, agradeceu a presença de todos os convidados e da equipe do Instituto. 

Jarreneri Ferreira (Embratur), Homero Cerqueira (ICMBio), Camila Souza (Secretaria de Turismo RJ), André Torricelli (Setur/RJ), Marcos Simanovic (ICMBio) e Ana Lúcia Santoro (Jardim Botânico/RJ) (Foto: ICMBio).

Ele ressaltou que o Ministério do Meio Ambiente está investindo mais de R$ 1 milhão na realização de obras de manutenção das estradas dentro do Parque, trazendo melhorias para a unidade. 

Já o diretor da Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação, Marcos de Castro Simanovic, pontuou que a reabertura obedece a todos os cuidados de segurança sanitária, além de ter contado com a articulação junto aos governos municipais, estaduais e a sociedade civil. “Todas as UCs reabertas estão sendo monitoradas e com a visitação ordenada.”

O chefe do Parque Nacional da Tijuca, Carlos Eduardo de Castro Tavares, relembrou a história de criação do Parque, que completou 59 anos no dia 6 de julho. Ressaltou que a reabertura acontece dentro da máxima segurança, com a ajuda de toda equipe do Parque. 

André de Melo, gerente regional-substituto da GR 4, enfatizou que o Parque está reaberto para atividades físicas e esportivas, voo livre, escalada, caminhada e ciclismo. Ele contou que há mais animais circulando, motivo, inclusive, de não abrir ainda as vias dentro da unidade.

Presidente da Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro (CSCRJ), Miguel Lasalvia ressaltou o “momento histórico” de reabertura do Parque com todos os protocolos de segurança garantidos, e que serão multiplicados pelos ciclistas. “Vamos usar o Parque de forma correta”, acentuou. 

Já Raphael Pazos, um dos fundadores CSCRJ, falou da articulação de vários esportistas para reabrir o Parque em parceria com o ICMBio e o governo municipal e estadual do Rio de Janeiro. “Mandei mensagem para o ICMBio e o presidente Homero me ligou prontamente para trabalharmos juntos pela reabertura. E, funcionou. Hoje estamos aqui neste evento de reabertura.”

O evento encerrou com a fala do Reitor do Santuário Cristo Redentor do Corcovado, padre Omar Raposo, que elogiou o diálogo que tem com o ICMBio. “Agradeço o empenho de todos, nosso Parque respira novos ares.”, completou nas suas breves palavras ao final do evento.

O café da manhã de reabertura contou com a presença de representantes do Congresso Nacional, da Embratur, da Comissão de Segurança no Ciclismo da Cidade do Rio de Janeiro (CSCRJ), do Parque Laje, do Santuário do Cristo Redentor, da Secretaria de Turismo do RJ, da Concessionária Paineiras Corcovado e do Alto do Corcovado.

Tags: Rio de Janeiro | turismo | indústria do turismo | Parque da Tijuca | reabertura Parque da Tijuca