Canal
Publicidade

Segue a rixa entre XP Investimentos e Itaú

Por: Redação. 29 de Junho de 2020

A campanha do Itaú Personnalité que traz o novo posicionamento do Banco sobre sua presença no mercado financeiro tem dividido opiniões na internet. 

O filme protagonizado pelo ator Marcos Veras e dirigido por Fernando Meirelles, da O2 Filmes, expõe de forma direta o trabalho de corretoras de investimentos e seu modelo de remuneração, baseado na comissão por cada recomendação de investimento.

As principais novidades do universo da publicidade estão aqui.

Confira as últimas novidades sobre digital e tecnologia aqui.

Criado pela agência DPZ&T, o filme não foi bem recebido pela XP Investimentos que, por meio de seu CEO e fundador, Guilherme Benchimol, publicou artigo em seu perfil no Linkedin pontuando sua insatisfação. 

No texto Resposta aos ataques do Itaú, publicado no dia 24/06, o executivo destaca que os 7.000 assessores independentes da XP trabalham para trazer as melhores oportunidades para os investidores, e que eles atuam de forma ética.

No filme do Itaú Personnalité, o Banco reforça que seus especialistas são isentos, pois não dependem de comissão, recurso que pode interferir no julgamento dos profissionais em relação aos investimentos dos clientes. 

Guilhermo Bressane, diretor de Marketing Negócios do Itaú Unibanco, esclareceu que “A comunicação não ataca público A ou B. A campanha não é contra o profissional ou consultor, não temos absolutamente nada contra eles. Há profissionais bons e ruins em qualquer lugar. A campanha é um convite à reflexão sobre os modelos de remuneração existentes, não necessariamente sobre um ou outro profissional.”

Caso não consiga visualizar clique aqui.

XP Investimentos contra-ataca

Agora, a assessoria de investimentos contra-atacou o Banco e lançou uma promoção no Instagram: a cada TED feito do Itaú para a XP, o consumidor ganharia um colete.

“É isso mesmo que você leu. Nós vamos presentear os clientes da XP que fizerem uma TED de qualquer valor do Itaú pra cá e postarem aqui no Instagram marcando @xpinvestimentos. A cada colete presenteado, doaremos um cobertor para proteger quem precisa através das nossas ONGs parceiras. Ação é válida enquanto durarem nossos estoques de 5.000 coletes e limitada a 1 colete por perfil.”, diz o post.

Segundo a marca, o estoque já acabou e mais de 15 mil TEDS foram feitas. “Vamos estender o compromisso dos cobertores e manter a doação para todos os posts com TEDs ao longo do dia para ajudar quem precisa. Nos próximos dias entraremos em contato com os 5 mil primeiros que nos marcaram para combinar a entrega.”, disse a empresa.

Diante da “briga” entre as empresas, o mais curioso é que, desde agosto de 2018, o Itaú Unibanco S.A. passou a deter 49,9% do capital total da XP Investimentos S.A., sendo cerca de 30% do capital com direito a voto.

Tags: Redes Sociais | publicidade | itaú | Itaú Unibanco | XP Investimentos