Canal
Esportes

CBF anuncia retorno do Brasileirão e Copa do Brasil em agosto

Por: Redação. 30 de Junho de 2020

O Campeonato Brasileiro já tem uma data para começar. Na noite de quinta-feira (25), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou que a previsão para o início da edição 2020 do torneio é no fim de semana dos dias 8 e 9 de agosto. 

A disputa avançará para o próximo ano e será encerrada apenas em fevereiro de 2021, mantendo, assim, a fórmula de disputa em pontos corridos e 38 rodadas no total.

O melhor do marketing esportivo está aqui.

Leia também: CBF desiste do Mundial Feminino de 2023.

A data foi determinada em encontro convocado pela CBF com a Comissão Nacional de Clubes, e as 40 equipes que participam da Série A e B do Campeonato Brasileiro estiveram presentes. A segunda divisão voltará na mesma data.

A CBF colocou em condicional o início do Brasileirão porque as atividades precisam ter a autorização do governo, a considerar a situação da pandemia por Covid-19 em cada cidade envolvida. No entanto, a confederação ressalta que, na Série A, 19 dos 20 times participantes aceitaram a condição de atuar fora de seu município caso não haja a liberação das autoridades da saúde. 

O único time que recusou a ideia é o Athletico Paranaense, que só quer treinar e atuar em Curitiba.

Segundo revelou o site Globoesporte.com, os clubes também decidiram a data do retorno da Copa do Brasil. O torneio eliminatório será reiniciado paralelamente com o começo do Brasileirão, com partidas na segunda semana de agosto.

O futebol brasileiro marcou a data de volta, portanto, sem ter estabelecido o pico da contaminação do Covid-19. No dia 23, foi registrado o segundo pior dia em número de mortos no país pela doença desde o início da pandemia. 

Na Europa, as principais Ligas do futebol esperaram cerca de dois meses após o auge dos números de mortes causadas pelo Coronavírus para voltarem a ter partidas de futebol nos estádios.

No momento, o único grande torneio que teve reinício no país foi o Campeonato Carioca, mas de forma atabalhoada. 

Botafogo e Fluminense foram contrários às partidas durante a pandemia, mas foram votos vencidos dentro da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). 

O Flamengo chegou a jogar na última semana, mas as partidas do último fim de semana foram adiadas após um decreto do prefeito Marcelo Crivella, por alegar que a prefeitura precisava aprovar os protocolos de vigilância sanitária.

No restante do país, o Brasileirão deverá conviver com os campeonatos estaduais, além da própria Copa do Brasil. Em São Paulo, por exemplo, o secretário de esporte do Estado, Aildo Rodrigues, declarou, no dia 24 de junho, que o Paulistão deverá retornar apenas no fim de julho ou no início de agosto, junto com o Brasileiro.

Tags: cbf | Coronavírus | Covid-19 | futebol brasileiro | Campeonato Brasileiro | Copa do Brasil | retorno do Brasileirão | retorno da Copa do Brasil