Canal
Entretenimento

Aglomeração em Israel reúne 3 mil em um show

Por: Redação 24 de Maio de 2020

Cerca de três mil pessoas se reuniram em Israel teve ontem num evento musical, contrariando as recomendações de isolamento social em vigor no paí devido ao coronavírus. 

Segundo a Billboard, os organizadores aproveitaram brechas nas políticas do governo e realizaram o evento como forma de protesto, em uma das primeiras "aglomerações" vistas desde que o mundo enfrenta a pandemia. O "Behind the Scenes: an Assembly of Solidarity" (Por trás das cenas: uma assembléia de solidariedade) teve presenças de artistas de rock, como Aviv Geffen, e pop, como Rita, e aconteceu no parque Charles Clore, em Tel Aviv.

O evento não foi divulgado oficialmente como um show, para aproveitar as brechas nas recomendações em curso no país, que permitem protestos. O público teve recomendações de usar máscaras e manter distância de dois metros entre as pessoas - o que nem sempre se observa nas fotos do evento. 

A equipe de produção que organizou o evento recebeu pelo trabalho, enquanto os artistas doaram o que lhes seria dado. "É tocante ver milhares de pessoas que vieram aqui, em um período de tanta psicose. Música é nossa oração", afirmou Geffen. Israel tem, oficialmente, registro de 16.680 casos da covid-19, com 279 mortes relacionadas à doença. O país vive uma reabertura lenta e gradual, para retomada.

No entanto, isso não incluía a reunião de 3 mil pessoas na praça, já que os esforços são para que eventos menores passem a acontecer, sempre obedecendo recomendações da OMS.

evento aconteceu no parque Charles Clore, em Tel Aviv contrariando recomendações das autoridades

Tags: eventos | covid19 | aglomeração